AO

ZECA

AFONSO

ABRIL

2018

PROJETO

COMUNITÁRIO

AO ZECA AFONSO 

Este projeto aconteceu no primeiro semestre do ano de 2018, a partir da ideia e coordenação do músico Carlos Raposo.

Durante este tempo a Promob reuniu um grupo de voluntário das nossa comunidade que, ignorando as suas competências artísticas ou experiências profissionais, tivessem interesse em participar num trabalho artístico.

Não demorou muito até que o grupo se compusesse e se juntassem, nos ensaios, cerca de vinte pessoas que em conjunto constituíram o projeto comunitário ao Zeca Afonso.

Aplicando as suas variadíssimas competências artísticas e profissional, o Carlos Raposo conduziu o grupo a uma experiência alucinantemente nova, propondo uma experimentação contínuas das mais variadas ideias e soluções que pudessem dar aos reconhecidos clássico de cantor e compositor José Afonso, mais conhecido entre nós como Zeca Afonso, criando um ambiente verdadeiramente único e sincero. Usando vários instrumentos improvisados, outros típicos, outros modernos, acabámos por criar as nossas próprias versões daquelas músicas.

Este projeto veio no sentido de um investimento que pretende ser feito, por esta associação, no intuito de integrar a comunidade na concessão de matérias artísticas relevantes, aproximando os profissionais dos amadores, e possibilitando um verdadeiro e real acesso à cultura, não apenas como intermediário ou espectador, mas como participante ativo e agente criador.

O resultado desta experiência foi apresentado nos dia 21 de abril e 22 de junho, no Salão da Associação de Melhoramentos da Mamarrosa e no Salão Paroquial de Bustos, respetivamente, desta última vez em solidariedade com a Liga Portuguesa Contra o Cancro. 

Esta Produção teve o apoio das seguintes instituições:

| AMMA Ass. de Melhoramentos de Mamarrosa

| Fábrica da Paróquia de Bustos

CARLOS

RAPOSO

Este é um reconhecido músico da nossa comunidade. É dele a responsabilidade da construção deste espetáculo, e foi graças a ele que se tornou possível. 

Pretendemos também, sempre que possível, partilhar o trabalho dos vários agentes culturais que constituem o panorama cultural da nossa região, pretendemos também, a através da valorização dos seus projetos, fazer parte dessa mesma dinâmica, possibilitando muitas vezes, que estes mesmo projetos se concretizem.

Obrigado Carlos!